Como organizar um casamento Civil

Como organizar um casamento Civil

Como organizar um casamento Civil?

A data do seu casamento está chegando? Então já está na hora de começar a planejar seu Casamento Civil e decidir uma série de fatores importantes para sua cerimônia, como ‘Qual será o regime’, se vocês pretendem trocar de nome, regras para convidados e festa, e muito mais detalhes.

Separamos um guia prático para você começar a organizar o seu casamento civil com calma, sem estresse! E transformar o momento do “sim” no dia mais importante de sua vida. Confira!

O que é o casamento civil e por que preciso fazer?

O casamento civil é um contrato firmado entre duas pessoas que declaram sua vontade plena em construir uma vida ao lado da outra.

Casamento Civil Gustavo LimaCasamento civil Gustavo Lima e Andressa Suita | Foto: João Augusto/ Michelle Barzotto

Se você pretende ter uma cerimônia de casamento mais despojada, você não é obrigada a ter um documento em papel passado, declarando que é casada. Porém, para casar na igreja, é preciso entregar um documento confirmando legalmente que vocês são marido e mulher perante a lei – ou pelo menos levar o juiz de paz para realizar sua cerimônia junto do padre na igreja, alguns casais optam por essa opção também!

Casamento civil documentos

Documentos para casamento civilDocumentos para casamento civil

Comece a organizar seus documentos com antecedência, no máximo 04 meses antes, para o caso de você precisar atualizar a certidão de casamento ou RG. Se tudo estiver OK, faltando entre 60 a 30 dias para o grande dia, leve os documentos ao cartório mais próximo a residência de um dos noivos para dar entrada no casamento. A cerimônia poderá ocorrer em qualquer outro cartório, mas a entrada deve ser na mais próxima. É uma regra!

Você vai precisar dos seguintes documentos:

Solteiros

  • Identidade dos noivos (RG, CNH, Passaporte, Carteira da OAB, CRM, CRECI, etc) – Cópia original e autenticada
  • CPF original
  • Certidão de nascimento original de ambos

Divorciados

  • Identidade dos noivos (RG, CNH, Passaporte, Carteira da OAB, CRM, CRECI, etc) – Cópia original e autenticada
  • CPF original
  • Certidão de nascimento original de ambos
  • Certidão de casamento anterior com averbação do divórcio
  • Certidão do casamento anterior com a averbação do divórcio
  • Cópia de sentença ou escritura pública de divórcio – É importante comprovar se houve ou não partilha de bens. Caso não tenha esse documento, a separação de bens se torna obrigatória!

Viúvos

  • Identidade dos noivos (RG, CNH, Passaporte, Carteira da OAB, CRM, CRECI, etc) – Cópia original e autenticada
  • CPF original
  • Certidão de nascimento original de ambos
  • Certidão de casamento do primeiro casamento
  • Certidão de óbito do cônjuge falecido
  • Certidão de inventário e partilha se o falecido deixou bens e filhos

Além disso, é importante salientar que você precisará de duas testemunhas maiores de 18 anos para assinar o documento. (Não precisam ser as mesmas que o casamento religioso).

Sou menor de idade, o que devo fazer?

Você precisará do consentimento de seus pais. Compareça ao cartório acompanhado deles, com a cópia de identidade de cada um. Caso um deles seja falecido, leve a certidão de óbito.

Casamento homoafetivos

Casamento homoafetivoCasamento homoafetivo | Foto: Caio Mayer

Para casais homoafetivos, é preciso levar os mesmos documentos descritos acima. O casamento foi regularizado no Brasil pela Resolução n° 175 de 14 de Maio de 2013, onde foi estipulado que nenhuma autoridade administrativa poderá negar a pretensão de casais homossexuais que queiram legalizar a união através do casamento civil.

Casamento no civil quantos padrinhos?

Você só vai precisar de 2 testemunhas para assinar os documentos, confirmando que você e seu noivo estão casamento por livre e espontânea vontade. Lembrando que eles não precisam ser os mesmos que do casamento religioso, ou da festa.

Onde fazer o casamento civil?

Agora que você já tem os documentos, chegou a hora de decidir onde será o casamento. Podemos considerar que existem 04 opções:

  1. Casamento em cartório

Casamento civil no cartórioCasamento civil no cartório | Foto: Rafael Holanda

Com um mês de antecedência, leve os documentos ao cartório de registro civil mais próximo da residência de um dos noivos, para que eles possam averiguar se o casal está realmente “livre” para realizar o casamento. Depois disso, é marcada a data para os noivos assinarem a documentação oficial, junto de duas testemunhas maiores de 18 anos.

Dica: Verifique com o cartório se você pode chegar no grande dia com um fotógrafo, e a quantidade de pessoas que podem fazer parte do grande dia com vocês.

Após a cerimônia, é interessante os noivos saírem para comemorar o casamento com os familiares a amigos mais próximos. Pode ser com um jantar na casa dos noivos, ou até em churrascarias e restaurantes

  1. Casamento em diligência

Cerimônia de casamento em diligência Cerimônia de casamento em diligencia | Foto: Renata Pineze

O casamento em diligência é aquele em que o juiz vai até o local do casamento realizar a cerimônia e oficializar o casamento no local da festa. Apesar de ser mais prático para os noivos, essa forma de casamento pode sair um pouco mais salgada, pois é cobrado mais caro por este tipo de serviço.

  1. Casamento religioso com efeito civil

Cerimônia civil e religiosaCerimônia civil e religiosa | Foto: Ricardo Cintra

Nesse casamento é realizada a cerimônia de casamento civil e religiosa ao mesmo tempo. A cerimônia é realizada da mesma forma que a religiosa e o mestre de cerimônias realiza o ritual da forma que os noivos quiserem.  Pode ser realizada na igreja, centro espírita e sinagoga, etc)

  1. Conversão de união estável em casamento

Casamento civil Casamento | Foto: Débora Zandonai

Esse é um processo mais simples e que pode sair mais barato para os noivos. Porém, não é um casamento. É só um documento de união. Quem quiser partir da união estável para o casamento civil, pode tranquilamente.

Regimes de bens

É a forma como funcionará a partilha dos bens a partir do momento em que o casal assinar o documento declarando-os marido e mulher. Por isso, indicamos que você escolha a opção mais certa para vocês com calma, debatendo sempre com seu parceiro a melhor opção. Confira as opções:

Vestido de noiva casamento civil
Casamento civil | Foto: Ana Junqueira

Regime de comunhão universal de bens

É uma fusão patrimonial. Todos os bens dos noivos, tanto os atuais, quanto os futuros, passam a pertencer a ambos os cônjuges. Nesse caso, todos as decisões acerca de vendas e compra de imóveis deverá conter a assinatura de ambos. Por exemplo, um noivo não pode vender uma casa adquirida antes do casamento sem a assinatura da noiva, pois a partir do momento que casaram, tudo que era dele passou a pertencer a ela também.

Regime de comunhão parcial de bens

Esse é o regime mais procurado pelos noivos brasileiros, pois nele são partilhados somente os bens garantidos antes do casamento. Tudo que os noivos tinham antes de casar, permanecem sendo deles. Porém, caso o casal deseje se separar no futuro, tudo que eles conquistaram durante o casamento deverá ser partilhado.

Regime da separação convencional de bens ou regime da separação total de bens

Todos os bens adquiridos antes e depois do casamento permanecem de cada um. Sendo que se o casamento for anulado posteriormente, cada um fica com aquilo que estiver em seu nome.

Regime da separação obrigatória de bens

Esse regime é o mesmo que o convencional, porém, é aplicado obrigatoriamente para alguns casos específicos, como:

  • Casamento de viúvos que tiverem filhos do cônjuge falecido, enquanto não tiver inventário dos bens do casal, com a partilha aos herdeiros.
  • Casamentos de viúvos ou casamentos anulados, que querem casar antes de completar 10 meses do término do casamento.
  • Divorciados que ainda não decidiram a partilha de bens do casal.
  • Idosos maiores de 70 anos
  • Menores de 16 anos que casaram mediante autorização judicial.

Regime da participação final nos aquestos

Os bens adquiridos antes e depois do casamento continuam sendo de cada um deles. Porém, caso haja uma dissolução do casamento, haverá partilha dos bens adquiridos durante o casamento.

É possível alterar o regime de bens na vigência do casamento?

Cerimônia de Casamento CivilCerimônia de Casamento Civil | Foto: Rodolfo Corradin

Segundo o artigo 1639, § 2º do Código Civil, os noivos podem trocar o regime de bens mediante um processo judial, do qual o juiz avaliará as questões e sentenciará o alvará judicial autorizando o Cartório de Registro Civil executar a alteração.

Pacto Antenupcial

Para qualquer um dos regimes, com exceção da comunhão parcial de bens, os noivos precisam apresentar um pacto antenupcial registrado em cartório, explicando que ambos estão de acordo com o regime escolhido.

Alteração de sobrenome

Tanto a mulher quanto o homem podem suprimir um sobrenome. Porém, o cartório só permite que um deles faça essa alteração, sendo que ele deverá manter ao menos um sobrenome de cada família.

Casamento civil preço

O preço para casar no civil varia de acordo com o estado que você mora. É preciso consultar um cartório de registro nacional. O de São Paulo por exemplo, de acordo com o site oficial “Casamento Civil”, custa:

  • Casamento em cartório: R$ 393,85
  • Casamento religioso com efeito civil: R$ 393,85
  • Conversão de união estável em casamento: R$ 393,85
  • Casamento em diligência (fora do cartório): R$ 1.286,20
  • Casamento (para dar entrada) como transferência: R$ 279,30
  • Casamento – transferência para a cerimônia ser realizada em outro cartório (em diligência): R$ 1.019,85
  • Casamento – transferência para a cerimônia ser realizada em outro cartório (em cartório): R$ 116,10
  • Edital – afixação de edital recebido de outra serventia: R$ 76,60
  • Edital – edital fora da capital: R$ 88,00
  • Certidão de nascimento/casamento/óbito – R$ 30,50
  • Certidão de inteiro teor – R$ 61,20
  • Escritura de Pacto Antenupcial – R$ 401,50

Dress code Casamento civil

Tenha sempre em mente como será a proporção do seu casamento. Algumas noivas fazem uma festinha mais simples após a cerimônia e por isso, precisam apostar em vestidos mais detalhados para ficarem lindas nas fotos.

Vestidos para casamento civil

Dica: Aposte na renda. Fica lindo!

O vestido branco também não é uma regra, mas, é interessante usar tons mais claros na sua festa. Assim você fica com uma carinha de noiva! Também indicamos evitar os vestidos grandes de princesa, pois não combinam com o estilo da cerimônia no cartório.

Quer mais dicas sobre Vestido de noiva para casamento civil? Confira nossas dicas no post e conta para gente qual será o seu visual!

Já se você é noivo, aposte em modelos mais descolados, não precisa ser super formal no casamento. Usar gravata, por exemplo, é uma opção.

Gostou das dicas para organizar seu casamento civil? Siga passo a passo que eu garanto que você terá o dia mais perfeito de sua vida tornan-se realidade! Aproveite e veja exemplos de casamentos reais para se inspirar na Festa de casamento.

fonte: Aceito Sim


Acompanhe as novidades da Spazio Convites


Blog de Casamento | Dicas e Inspirações

Ver outras Publicações

Dúvidas | Meio AmbienteDepoimentosRevenda de Convites | Mídias | Downloads

Escolher o convite de casamento pode parecer simples, mas está entre os itens da organização do casamento que precisam de muito cuidado dos noivos. Isso porque é através do convite de casamento que o convidado tem a primeira impressão e a dimensão de como será o evento.
É muito importante conciliar uma identidade visual única na hora de personalizar o casamento. A escolha do convite em comunhão com todos os outros itens que farão parte do grande dia é muito importante. Do save the date ao cartão de agradecimento, tudo tem que estar em perfeita harmonia de estilo, cores e formas.

Compartilhe Experiencias
Adicione seu comentário

Inline
Inline