Levando seu melhor amigo para o Casamento

Levando seu melhor amigo para o Casamento

Dicas básicas para quem vai fazer do cachorro seu ilustre convidado!

Brincadeiras à parte, levar o cachorro na festa de casamento pode ser um risco e tanto. Em meio a tantas pessoas, nunca se sabe como seu amigo-cão irá se comportar. Se ainda assim você pretende bater o pé e faz questão da presença dele na sua festa, cá estão algumas dicas úteis:

1-Se a cerimônia de casamento acontecer em uma Igreja, converse muito bem com o padre antes. Ele pode encarar a presença do bichinho como um desrespeito ao local (e alguns convidados também).

2-Casamentos em espaços abertos, como sítios, chácaras e fazendas, são os mais apropriados para levar seu cachorro, principalmente se você quer que ele participe da cerimônia como pajem ou daminha.

3-É mais garantido que seu amigo canino entre na companhia de um ser humano! E preso à coleira, sempre. Uma ideia fofa é colocá-lo para entrar com as daminhas e o pajem.

4-Certifique-se de que seu cachorro foi passear muitas vezes durante o dia, e leve-o mais uma vez quinze minutos antes do casamento, para que ele faça suas necessidades.

5-Você ama seu cãozinho, mas os convidados não precisam amar. Pelo contrário, muitos sentem medo. Respeite isso e mantenha seu amigo de quatro patas preso à coleira durante todo o tempo.

5-Seu cachorro participou da cerimônia e tirou muitas fotos com os noivos? Ótimo, agora escale alguém para levá-lo de volta para casa. Seu cachorro não vai curtir muito sua festa de casamento, e a presença dele ali pode virar confusão.

Um Video para descontrair

Continue lendo

6-Seu cãozinho merece um traje especial. Procure uma casa especializada em roupa para cachorros e veja a possibilidade de fazer uma roupa especial, caso eles não vendam pronto. Se não, no mínimo uma bela coleira para as cadelas e uma gravatinha para os cachorros!

Compartilhe Experiencias
Adicione seu comentário

Inline
Inline